No último domingo (2), eleitores de 12 municípios brasileiros foram às urnas para eleger novos prefeitos e vice-Prefeitos. As eleições suplementares foram convocadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em razão da cassação dos registros dos candidatos eleitos pela Justiça Eleitoral nas eleições de outubro de 2016. Uma das cidades que voltaram para as urnas neste domingo foi Foz do Iguaçu, no oeste Paranaense, que é um dos mais de 130 municípios com atuação presencial do Radar Governamental.

Em outubro de 2016, durante as eleições regulares do município, o candidato Paulo Mac Donald Ghisi (PDT), que já havia assumido a Prefeitura em mandatos anteriores, recebeu o maior número de votos, mas teve sua candidatura impugnada pelo TSE.

Nesse período, a prefeitura foi comandada interinamente pela Presidente da Câmara Municipal, Vereadora Inês Weizmann (PSD). Antes de Inês, a prefeitura estava sob o comando de Ivone Barofaldi (PSDB) que era vice-prefeita na gestão Reni Pereira (PSB), preso pela Polícia Federal durante a 4ª fase da Operação Pecúlio, que investiga fraudes em licitações na Prefeitura de Foz do Iguaçu.

A convocação destas novas eleições pelo Tribunal Eleitoral resultou na eleição de Chico Brasileiro (PSD) para a prefeitura do munícipio. Ele havia sido o segundo colocado no pleito em outubro.

Sob a chapa “Foz Levada a Sério” que reuniu os partidos PSD, PCdoB, PP, PRTB, PEN, SD, PRB, PRP, PNM e DEM, Brasileiro afirmou que sua gestão teria a saúde pública como a principal prioridade, elegendo a agilização de exames, consultas e cirurgias e a ampliação da cobertura das equipes da Saúde da Família como as principais ações nesse escopo. O agora Prefeito também prometeu recuperar a malha viária da cidade e implantar um novo sistema de transporte público.

Dos 15 Vereadores que atualmente compõe a Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, 9 deles foram reeleitos da legislatura anterior e 6 conquistaram uma cadeira, pela primeira vez, na Casa.

Assim, compõem a Câmara atualmente (destacamos em negrito os Vereadores da base do Prefeito):


Anice Nagib GazzaouiPTN*Coligação: Trabalho e Ética | PTN / PPS
Beni Rodrigues PintoPSB*Coligação: Foz para todos | PSB / PSC / PMN
Celino FertrinPDT*Coligação: Avante Foz | PDT / PR / PSDB
Darci SiqueiraPTN*Coligação: Trabalho e Ética | PTN / PPS
Edílio João Dall´AgnolPSC*Coligação: Foz para todos | PSB / PSC / PMN
Elizeu LiberatoPR*Coligação: Avante Foz | PDT / PR / PSDB
Ines Weizemann dos SantosPSDPresidente da Câmara MunicipalEmpresária. Base governista – Partido prefeito. 
João Gonçalves MirandaPSD*Empresário. Base governista – Partido prefeito. 
Jorge Soares FerreiraPTB*Sem coligação.
Luiz Augusto Pinho de QueirogaDEM*Coligação: Foz no Rumo Certo | PRB / DEM / PP
Marcio Rosa da SilvaPSD*Base governista – Partido prefeito. 
Nanci Rafagnin AndreolaPDT*Empresário. Coligação: Avante Foz | PDT / PR / PSDB
Rogério QuadrosPTB*Servidor Público Estadual. Sem coligação.
Jeferson BraynerPRB*Sacerdote. Coligação: Foz no Rumo Certo | PRB / DEM / PP
Rudinei de MouraPEN*Coligação: Mais que uma boa ideia | PRP / PEN / SD

 

Em relação aos partidos dos parlamentares, o PSD, partido do atual Prefeito, é o que detém o maior número de cadeiras na Casa, com 3 Vereadores eleitos na sigla. O partido é seguido pelo PTB, PDT e PTN com 2 Vereadores cada e, posteriormente, PSB, PSC, PR, DEM, PRB e PEN que possuem 1 Vereador.


Já em relação as coligações, com a eleição de Chico Brasileiro (PSD) a Prefeitura contará com 6 vereadores na base governista e 9 Vereadores na base de oposição.